• Karoline Rodrigues

Assessoria em leilões: porquês e para quês?



Quando acompanhamos um leilão, é comum notarmos a participação de vozes tão ativas quanto a do leiloeiro. Os donos dessas vozes pertencem a profissionais que ao longo dos últimos anos têm assumido um papel cada vez mais proeminente e decisivo nos remates: os assessores.


Em especial nos leilões no estilo “ao vivo” em que os animais são apresentados no palco, seja para público presencial ou apenas para fins de transmissão (como aconteceu durante a pandemia), esses profissionais são presença quase obrigatória.


Inicialmente, os assessores eram os responsáveis pela organização do banco de dados dos animais inscritos no leilão. Conhecedores de linhagens, pedigrees, campanhas e famílias. Informações que são imprescindíveis para construir o histórico de cada lote.


Esse conhecimento segue sendo importante, porém cada vez mais notamos que os assessores têm se tornado os grandes intermediários de vendas. Eles são o ponto de apoio e confiança de um potencial interessado em um animal, e alguém que capta e viabiliza os lances junto à leiloeira.


Participam da seleção dos lotes, conhecem os plantéis de origem e tendências de mercado. Fornecem informações objetivas sobre os animais e também sobre os procedimentos da leiloeira. Conhecem o histórico dos vendedores (a pessoa cria bem seus produtos, o documento do animal está em dia, etc.) e também dos compradores (a pessoa paga pontualmente, vai cuidar bem do animal).


Em outras palavras, a opinião dos assessores sobre um animal importa e muito, e eles têm os “contatinhos” que vendedores e compradores precisam na hora de fechar um (bom) negócio.


As leiloeiras e os vendedores contam com a bagagem (objetiva, de conhecimento, e subjetiva, de contatos) dos assessores para fazer um grande leilão. Eles, por sua vez, precisam dos leilões para exercer seu ofício.


As alianças entre todas essas pontas do mercado consolidaram grupos de trabalho de sucesso, cujos personagens se tornaram ícones, cada um se destacando com sua peculiaridade.


A maneira de anunciar um lance ou um comprador, a voz, frases, expressões e interações entre si, se tornaram verdadeiras marcas registradas da forma de trabalho dos assessores, que de tão marcantes se tornaram até dignas de imitação pelos concorrentes.


A boa notícia é que tudo isso se deve ao fato do mercado equestre não ter desacelerado com a pandemia, e ao contrário, se superaqueceu. Nesse sentido, como os leilões têm um peso muito grande na economia do segmento, junto com eles os profissionais de sucesso que atuam na área também chamam a atenção.


Comprar um cavalo sempre é um momento especial, então é importante buscar as informações que você considera importantes. Por isso, não tenha receio de buscar um assessor de sua confiança para te auxiliar.

Posts Relacionados

Ver tudo