• Joana Azevedo

CAVALO SÓ GASTA DINHEIRO?! 🐴💸


Entre tantos esportes que existem por aí, a equitação nos fascina. Consideramos que entre todos os benefícios, a convivência com o cavalo, um outro ser vivo, nos dignifica, ensina e nos torna mais humanos.


Quando convivemos com eles, temos que aprender a nos comunicar (sem falar), a cuidar com os gestos, os movimentos, desde o olhar até o movimento do corpo. Visto que qualquer movimento exagerado, pode gerar no outro ser vivo uma interpretação equivocada.


De forma direta e objetiva, podemos comparar esta comunicação com as dos seres humanos. Concordam, né?!


Agora, quem de nós, criadores e proprietários de cavalos, que nunca escutou a frase: “Cavalo só serve para gastar dinheiro”?


Fazemos questão de iniciar este texto destacando algumas das vantagens de conviver com um cavalo, já para mostrar, o quanto a expressão está equivocada.


Não estamos falando de gastar. Estamos falando em investir. Colocar dinheiro em algo que nos torna mais humanos, que nos obriga a exercitar o respeito ao próximo, a tolerância, paciência e o bem-estar (entre humanos e não humanos).


Pois bem, estamos aqui para mostrar o contrário desta frase, explicar o quanto investir neste segmento faz sentido e nos torna seres melhores.


Quando nos conectamos com os cavalos, exercitamos os relacionamentos que temos na vida. Nos obrigamos a nos colocar no lugar do outro, a ter clareza na forma de nos comunicarmos, nos desenvolvemos física e psiquicamente. Pode parecer bobagem, mas não conhecemos outro esporte/lazer que envolva todos estes sentimentos, desprendimentos e desafios.


Sem falar no ambiente que o cavalo está inserido. Tradicionalmente, o cavalo envolve ambientes saudáveis, familiares, agregadores e que acabam por despertar nas pessoas, que neles estão inseridas, uma paixão desigual.

O cavalo une e torna iguais, os que seriam em qualquer lugar, desiguais.


Já falamos aqui que o ambiente do cavalo movimenta cerca de 16 bilhões/ano em nosso país e gera mais de 3 milhões de empregos diretos. Considerando isto, seguimos na mesma reflexão: será que gastamos dinheiro mesmo? Ou investimentos em um ambiente agregador, onde o animal envolvido promove e exercita os bons hábitos de cidadania?


Fica aqui uma reflexão! Até porque, nunca pensamos em questionar o dinheiro investido em aulas de Ballet, Judô, Futebol, Natação ou qualquer tipo de esporte. Até porque, quando falamos em esporte, falamos em vida, em educação, em um futuro melhor para todos.


#Comportamento

Posts Relacionados

Ver tudo